Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/cdllinha/public_html/painel/connect.php on line 19
CDL Linhares
Contato

Entre em contato conosco pelo

formulário ao lado, ou pelos telefones:

 

(27) 3264-5050

 

Agenda ver tudo
Últimas Notícias ver tudo

17/02/2020 - Diretoria da CDL inicia Planejamento Estratégico 2020

Entre as prioridades estão: segurança do comércio, estacionamento rotativo e construção do auditório próprio

A diretoria da CDL Linhares se reuniu para discutir as ações que serão executadas pela entidade ao longo de 2020 por meio do Planejamento Estratégico.

São diversas frentes de trabalho, que visam melhorar as condições do comércio e fomentar o desenvolvimento da economia local.

Entre as principais ações estão em pauta a questão da segurança aos estabelecimentos comerciais, principalmente do centro da cidade; a questão do estacionamento rotativo, que será cobrado posicionamento dos órgãos responsáveis; a construção do auditório próprio da CDL, que visa reduzir gastos e ainda possibilitar a promoção de diversos eventos e treinamentos que beneficiem os associados.

Para a presidente Florises Zardo Salvador, a criação do Planejamento Estratégico é muito importante para a entidade traçar as metas, distribuir os trabalhos e alcançar melhores resultados.

 

Por Tatiane Serafim - Assessoria de Comunicação CDL Linhares

14/02/2020 - Confiança do Consumidor encerra 2019 com 47,0 pontos, patamar acima de 2018, revela indicador CNDL/SPC Brasil


Número de brasileiros com visão negativa sobre a economia do país recua 10 pontos percentuais em um ano; expetativa para os próximos seis meses da economia mostra empate entre otimistas e pessimistas, mas 56% estão confiantes com futuro das finanças pessoais

 

Ainda que não tenha deslanchado, a percepção dos consumidores brasileiros sobre o ambiente macroeconômico tem apresentado melhoras. O Indicador de Confiança do Consumidor mensurado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) encerrou o ano de 2019 com 47,0 pontos. A escala do indicador varia de zero a 100, sendo que quanto maior o número, mais confiantes estão os consumidores. O dado alcançado no último mês de dezembro supera os 45,8 pontos observados no mesmo período de 2018. Já com relação a novembro de 2019, o número ficou praticamente estável (47,2 pontos).

 

A percepção geral dos consumidores, tanto sobre a sua vida financeira quanto com a economia, permanece negativa, mas em um nível pouco mais otimista do que em períodos anteriores. Em cada dez brasileiros, seis (62%) avaliam como ‘ruim’ o atual momento econômico do país – há um ano, esse número era 10 pontos percentuais mais alto, alcançando 72% dos entrevistados. Já o percentual de brasileiros que consideram ‘bom’ o momento econômico atual avançou de 2% para 7%, um número ainda pequeno.  Outros 30% consideram regular.

 

Observando a própria vida financeira, apenas 14% dos consumidores avaliam a condição como ‘boa’. A notícia positiva é que o percentual dos que avaliam a situação como ‘regular’ (47%) supera os que consideram a própria vida financeira ‘ruim’ (38%), que diminuiu dois pontos percentuais em 12 meses.

 

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, a melhora gradual da percepção dos consumidores é resultado da reação econômica do país, mas como essa evolução se dá a passos lentos, a percepção dos consumidores também cresce a um ritmo devagar e cauteloso. “Espera-se que com um cenário econômico mais estável, o brasileiro encontre razões para voltar ao consumo de forma mais confiante e comece a pagar suas dívidas”, avalia a economista.

 

Mesmo com inflação controlada, 55% dos brasileiros acham que custo de vida pesa no orçamento

 

Mesmo com a inflação abaixo da meta, 71% dos entrevistados que avaliam o quadro macroeconômico como ‘ruim’ atribuem essa percepção negativa à alta dos preços. Já o desemprego é responsável pela avaliação negativa para 62% das pessoas ouvidas. Os juros elevados são citados por um terço (33%) dos pessimistas com a economia.

 

Para 55% dos entrevistados, o custo de vida é o que mais tem pesado no seu orçamento, seguido do desemprego (20%). Na visão desses consumidores, as despesas que mais subiram nos últimos meses foram os produtos de supermercados (90%), conta de luz (88%), combustíveis (86%) e medicamentos (77%).

 

Futuro da economia divide opiniões, mas maioria está otimista com as próprias finanças

 

Olhando para os próximos seis meses, nota-se um equilíbrio entre as opiniões: 26% dos brasileiros estão otimistas com a situação do país no futuro e igual percentual (26%) está pessimista. Outros 44% se mantêm neutros.

 

Entre os otimistas com o futuro, o fator que mais pesa é a expectativa de que haverá mais estabilidade política do país (38%). Já 28% creem que coisas boas devem acontecer, embora não saibam apontar uma razão clara, enquanto 28% concordam com as medidas econômicas adotadas pelo governo. Já entre os pessimistas, a opinião é fundamentada, principalmente, pelo sentimento de que os preços continuam altos (56%), discordâncias com as medidas econômicas tomadas pelo governo (40%) e a percepção de que não há melhora no emprego (35%).

 

O otimismo é maior, contudo, quando os consumidores são indagados sobre o futuro da sua própria vida financeira. De acordo com o levantamento, 56% dos brasileiros possuem boas expectativas para o seu bolso nos próximos seis meses. A opinião é fundamentada, sobretudo, pela crença de que a economia do país irá melhorar (39%) e a esperança de conseguir um emprego ou aumento de renda (28%). Apenas 8% dos consumidores acreditam que a vida financeira estará ruim nos próximos seis meses e 32% pensam que ela continuará igual.

 

“Pode parecer contraditório observar uma expectativa maior com as próprias finanças do que com a economia brasileira. O fato é que por mais que a situação econômica do país impacte a vida financeira do consumidor no seu dia a dia, ele sabe que assumir um controle efetivo sobre seu bolso e fazer adaptações podem ajudar a enfrentar um ambiente adverso e se a desgarrar da crise”, explica a economista Marcela Kawauti.

 

Metodologia

 

Foram entrevistados 800 consumidores, a respeito de quatro questões principais: 1) a avaliação dos consumidores sobre o momento atual da economia; 2) a avaliação sobre a própria vida financeira; 3) a percepção sobre o futuro da economia e 4) a percepção sobre o futuro da própria vida financeira. O Indicador e suas aberturas mostram que há confiança quando estiverem acima do nível neutro de 50 pontos. Quando o indicador vier abaixo de 50, indica falta de confiança.  Baixe a análise do Indicador de Confiança do Consumidor em https://www.spcbrasil.org.br/imprensa/indices-economicos

 

Fonte: CNDL

 

Link da Matéria: https://site.cndl.org.br/confianca-do-consumidor-encerra-2019-com-470-pontos-patamar-acima-de-2018-revela-indicador-cndlspc-brasil/

14/02/2020 - Varejistas recuperam mais de R$ 42 milhões em vendas em 2019

Com o apoio de tecnologia, o lojista brasileiro conseguiu recuperar uma importante quantia de dinheiro que seria desperdiçada em taxas desnecessárias. É o que aponta o Recuperômetro, indicador realizado pela F360º, plataforma de gestão financeira com conciliação automática de vendas por cartão para o pequeno e médio varejista.

 

Ao longo de 2019, as lojas e pontos de venda que utilizaram a solução da empresa conseguiram resgatar R$ 42,03 milhões em suas vendas efetuadas por cartão de crédito. Se levado em conta apenas o mês de dezembro, o valor é de R$ 554.600,84. O Recuperômetro exibe em tempo real o valor financeiro recuperado pela plataforma.

 

Compras realizadas com cartão de crédito e que não passam por conciliação nas vendas representam um risco grande ao varejista, que pode pagar taxas a mais. Com o apoio da plataforma da F360º, por exemplo, é possível integrar o serviço com a conciliação bancária, fluxo de caixa, DRE (Demonstrativo do Resultado do Exercício), entre outras funcionalidades.

 

"A economia deu sinais de que está retomada, e isso exige dos varejistas um melhor preparo e planejamento para conseguir aumentar suas vendas. O que o Recuperômetro mostra é que, aos poucos, esses empreendedores começam a contar com o apoio de plataformas que impedem gastos desnecessários que a grande maioria desconhece", explica Henrique Carbonell , CEO da F360º.

 

Fonte: Jornal do Comércio

 

Link da Matéria: https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/economia/2020/01/721677-varejistas-recuperam-mais-de-r-42-milhoes-em-vendas-em-2019.html

13/02/2020 - Dacasa Financeira e Uniletra são liquidadas pelo Banco Central

Com intuito de manter os associados da CDL Linhares bem informados sobre o que acontece em nossa economia, estamos compartilhando a matéria produzida por A Gazeta em que traz a notícia da liquidação extrajudicial da financeira Dacasa, empresa muito popular em nossa região e bastante utilizada por lojistas.

Para ler a matéria acesse o link abaixo:

https://www.agazeta.com.br/es/economia/dacasa-financeira-e-uniletra-sao-liquidadas-pelo-banco-central-0220#cxrecs_s