Notícias

O phishing é uma tática usada por criminosos para roubar suas informações pessoais na internet.

Phishing é uma prática utilizada por criminosos para ter acesso às informações de usuários da internet. O termo tem origem na palavra em inglês fishing, que significa pesca.

Umas das técnicas mais comuns consiste no envio de e-mail com mensagem de texto e imagens em nome de uma organização de confiança. Ao abrir o e-mail, a vítima é induzida a acessar um website para fazer algum tipo de procedimento e se ver livre de um problema futuro. O site acessado nesse caso geralmente é idêntico ao site legítimo da empresa, então as vítimas passam informações de login, senha, dados bancários e informações pessoais para o criminoso sem saber que estão sendo enganadas.

Os dados pessoais desejados pelos criminosos podem ser: senhas, números de documentos, cartões de crédito, endereços, etc.

O objetivo final do fraudador é utilizar os dados da vítima para obter vantagens financeiras com a transferência eletrônica de valores, realizar compras utilizando os dados do cartão de crédito, etc.

Aqui estão algumas dicas para ajudar a evitar cair em ataques de phishing:

  1. Esteja atento a emails suspeitos: Verifique cuidadosamente o remetente, o conteúdo e os links antes de clicar em qualquer coisa. Fique atento a erros de ortografia ou gramática que possam indicar um email de phishing.
  2. Não clique em links suspeitos: Evite clicar em links enviados por email, mensagens de texto ou mídias sociais, a menos que você esteja absolutamente certo da sua origem. Verifique o URL manualmente digitando-o em um navegador.
  3. Verifique a autenticidade do site: Antes de inserir informações pessoais ou financeiras em um site, verifique se ele possui um certificado de segurança SSL (https://) e se é legítimo. Procure por sinais como um cadeado na barra de endereços.
  4. Tenha cuidado com solicitações de informações pessoais: Instituições financeiras e organizações confiáveis geralmente não solicitam informações pessoais ou financeiras por email. Desconfie de mensagens que peçam dados confidenciais.
  5. Mantenha seu software atualizado: Mantenha seu sistema operacional, navegadores e programas antivírus atualizados. Isso ajuda a proteger contra vulnerabilidades conhecidas que os cibercriminosos podem explorar.
  6. Use autenticação de dois fatores: Ative a autenticação de dois fatores sempre que possível. Isso adiciona uma camada extra de segurança, exigindo um código adicional para fazer login em suas contas.
  7. Esteja ciente de redes Wi-Fi públicas: Evite realizar transações financeiras ou inserir informações confidenciais em redes Wi-Fi públicas, pois elas podem ser inseguras. Use uma rede VPN confiável para proteger sua conexão.
  8. Eduque-se sobre phishing: Fique atualizado sobre os últimos métodos de phishing e compartilhe essas informações com sua família e amigos. A conscientização é fundamental para evitar golpes.

Lembrando que essas dicas podem ajudar a reduzir o risco de ser vítima de ataques de phishing, mas é importante permanecer vigilante e usar o bom senso ao navegar na Internet e lidar com informações sensíveis.

Por Aline Dias

Assessora Jurídica CDL Linhares

 

Em 26.12.2023

Notícias
  • Uso de língua estrangeira em vitrines

    Continue lendo Clique e leia
  • Ações para um Comércio mais Seguro: Reunião com Coronel Jones Mattos, Secretário de Segurança Pública

    Continue lendo Clique e leia
  • Calendário de Profissões 2024 – Fevereiro

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais
Blog
  • Conheça Linhares: Lagoa Juparanã

    Continue lendo Clique e leia
  • Banco de Talentos CDL Linhares

    Continue lendo Clique e leia
  • Benefícios exclusivos associados CDL Linhares

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais